sexta-feira, 30 de abril de 2010

Verdade

"Eu te amo e você gosta muito de mim.
Te acho perfeito e você me acha legal.
Para mi você é a melhor pessoa do mundo e para você eu sou divertida.
Quero estar para sempre com você, mas, não como amiga...

A verdade dói,
Queima,
Faz penar.
Arde dentro da alma pensar que não me quer,
E,
Nunca vai querer."


Escrito em 28-03-08, uma sexta-feira.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Por que me olha assim?

"Por que me olha assim?
De um jeito que nem me aguento mais em pé...
Por que me sorri assim?
De maneira que me perco no brilho do mesmo.
Por que me toca assim?
Que sinto meu coração palpitar e já nem sei mais quem sou.
Revejo a cena em câmera lenta como se estivesse gravada em mim.
Porque me olha assim..."


Escrito em 18-03-08, uma terça-feira

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Quem é ele?

"Quem é ele que me faz sonhar? Flutuar e não andar. Quem é ele que me faz dançar ao relento e sob a luz do luar? Quem é ele que me faz delirar de luxúria? Mas que penar. Quem é ele que entrou na minha mente e agora não me deixa pensar? Quem é ele que tomou conta do meu ser. Quem é ele que me fascina quando me vê...? Que tortura olhar para você."


escrito em11-03-08, uma terça-feira

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Se Grandes Mulheres Não Choram

"Se grandes mulheres não choram,
talvez eu seja só uma garotinha;
Frágil e indefesa,
precisando de ajuda;
Tremula de pavor,
das coisas do mundo.

Se grandes mulheres não choram,
talvez eu não deva chorar,
se quero um dia deixar de ser só uma garotinha;
Frágil e indefesa."


Escrito no dia 28-02-08, uma quinta-feira.

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Epílogo de um começo

"O destino uniu os olhares;
A ousadia, os lábios;
A saudade, os corações;
A distância, o pensamento;
O tempo, as amizades;
Os problemas, uma adeus...
A eternidade, duas pessoas!!!"


Escrito no dia 15-01-08, uma terça-feira

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Saudade

"-Por quê chora, Menininha?
-Porque não tenho mais...
-O que te arrancaram, Menininha?
-Nada, ele se foi porque quis, me escapou por entre os dedos.
-O quê? Me diga que recupero!
-Não se pode recuperar, ele deve voltar assim como foi.
-Me diga o quê e ajudarei a trazer-te de volta.
-O quê?!?
-Sim, o quê?
-Meu... meu amor!...!"

escrito no dia 26-10-07, uma sexta-feira.

segunda-feira, 5 de abril de 2010

O adeus

"E se eu disser que vou mudar?
E se eu disser que nunca mais faço nada que possa de algum modo te machucar...
Por você eu faço isso, tudo, e muito mais...
Não ligo se não for correspondida.

Só peço que esteja ao meu lado quando com um último suspiro eu disser:
-Adeus!

Então, uma última e vã lágrima cairá de meus olhos...
E quero que aperte com força minha mão.
Para que minha alma sinta a última gora de amor
Que existe em teu peito.

E que descanse em paz!"
Texto escrito no dia 29-09-07, um sábado.

sábado, 3 de abril de 2010

Destino

"Ninguém me ama como te amo,
disse eu.
Ninguém me ama com vou te amar,
disse então.
Ninguém me ama com um dia te amei,
pensei.

Mas, então,
naquele instante,
naquele momento pagante,
num breve aceno,
aceno de olhar.
Conheci teus olhos
e teus olhos conheceram os meus.

Amo-te,
ama-me.
Te levo comigo,
me levas contigo.
Te quero,
me queres.
Te procuro,
me procuras.
Não te acho,
não me achas.

Mas, em que mundo estamos?
Um mundo que não ama, odeia.
Um mundo que não perdoa, condena.
Um mundo que não acaricia, esmurra.

Meu coração nem quer mais no peito ficar.
Quer sair e te procurar.
Mas, ainda tem esperanças,
de que em um instante,
um momento, um aceno,
eu possa de novo te encontrar."


escrito no dia 04-07-07, uma quarta-feira

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Passado

Estava revirando umas gavetas hoje e, me deparei com um envelope cheio de alguns textos que fiz há muito tempo atrás. Li e achei muito interessantes e, então, resolvi postá-los. Junto colocarei a data em que foram escritos. É bem interessante ver como meu modo de pensar mudou com o tempo e, como algumas coisas nunca mudam...

Imaginação

Você... pode imaginar, que é, um rei de bom coração, é só, usar a imaginação...

Você... pode imaginar, e tudo que quiser que seja será... Ei! Eu já ouvi essa frase em algum lugar!...

Imaginação, você se diverte de montão, pode lutar contra um dragão, salvar a princesa e o rei!

Você... pode imaginar, que é, uma princesa da Arábia, voar, num tapete voador...

Percorrer, todas as pirâmides, e, sobrevoar o mar...

Escrito no dia 23-07-05, um sábado.