terça-feira, 20 de novembro de 2012

E como eu sinto falta!


E como eu não consigo expressar isso direito! E como eu tento mal! E eu já nem sei mais se você realmente sabe como eu sinto falta! Não que falte. Não o tempo todo. Mas é que o tempo em que falta faz uma falta tão grande que o tempo em que eu tenho parece pequeno demais... Desperdiçado demais... Queria mais tempo, tempo melhor aproveitado, tempo só nosso mesmo... Acho que fui perdendo aos poucos o dom de falar. Não falo mais. Não bem. Não sei mais falar. Só sei sentir falta e não conseguir dizer o quanto. Só sei não aproveitar o tempo que tenho, o tempo que temos, que já é pequeno.

Nenhum comentário: