quarta-feira, 5 de junho de 2013

Eu não sei dizer

O que quer dizer
O que vou dizer

Vem, você.
Vem, meu cobertor.
Sol que não sai.
Vem, meu amor.

Vem pela manhã.
Vem todo dia.
Calor que se esconde.
Alegria.

7 comentários:

DANILO + disse...

Que gostoso de ler esse poema. Cobrir-se de alegria. Aquecer-se com o calor do sol. Parece música. Bem sonora. Vamos musicar? Muito bom!

Pedro Henrique disse...

Não só a sonoridade, mas também as sensações que tomam um sentido mais amplo, fundindo e confundindo aquelas causadas pelo sujeito com as que vem da natureza fazendo um belo emaranhado de algo muito bom de se sentir que se complementam por essa ideia do tempo que flui pra que isso sempre ocorra!
*--------*
Mensagem tão pura, simples e tão bonita! =,D

Lindo, Lindo Linda Fleur! *-*
Apaixonante você! Todo dia.
( *3*)/ *smack!

PedrodeAmolar

Jéssica Marques disse...

:D obrigada, pessoas!

Não pensei em musicar, na verdade... Mas dá pra tentar fazer alguma coisa, eu acho.

DANILO + disse...

Esquece a parada de musicar, podemos estragar a obra. Deixa a música no ouvido e cadência que cada pessoa imaginar ouvir. =D

Eilan disse...

Se cobrir de amor é o que há de melhor.

Bjos!

Eilan

borderline-girl.blogspot.com

Jéssica Marques disse...

kk sim, sim :D

Nancie Flor disse...

Que lindo!

Que fofo!

Que tudo!

Amei :)


bipo-analisando.blogspot.com.br