sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Resenha da série: O mochileiro das galáxias


Título: Hitchhiker's Guide
Título no Brasil: O mochileiro das galáxias
Autor: Douglas Adams
Editora: Sextante
Páginas: 823
Sinopse: No final da década de 1970, quando os primeiros capítulos de O Guia do Mochileiro das Galáxias foram enviados para a rádio BBC em Londres, ninguém imaginava que seria um sucesso estrondoso em pouco tempo. A combinação bem sucedida de ficção e comédia harmonizou perfeitamente. Na sequência, Douglas Adams escreveu a lendária série de cinco livros que vendeu mais de quinze milhões de cópias pelo mundo. Mestre da sátira, Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da alta cultura e de diversas instituições atuais. Seus livros, que tratam em última instância da busca do sentido da vida, não só divertem como também fazem pensar.

Há poucos dias terminei de ler a série composta por cinco livros - O guia do mochileiro das galáxias; O restaurante no fim do Universo; A vida, o Universo e tudo o mais; Até mais, e obrigado pelos peixes; e Praticamente inofensiva.

Não é a toa que os livros de Adams possuem tantos fãs! Com um humor único e sarcástico, me prendeu durante todos os livros, em especial o último, que posso dizer que foi meu favorito.

Neles, é possível acompanhar a estória dos dois terráqueos, Arthur Dent e Tricia McMillan (Trillan) e seu amigo Ford Prefect através das galáxias, universos e eras.

Está, com certeza, entre as melhores séries que já li!



terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Aquela cidade!

Depois de um tempo eu a podia sentir como grades, que se fechavam em torno de mim e me prendiam.
Não nasci para ser árvore, não nasci para criar raízes.
Eu sou do mundo inteiro!
E o mundo inteiro é muito grande.