sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Falta de estro poético

Por que isso acontece com a gente às vezes? Poucas coisas me deixam tão angustiada quanto querer escrever e não conseguir pensar em nada para dizer. Então, por muitas vezes acabo escrevendo simplesmente sobre a minha falta de inspiração. O que, na minha opinião é extremamente entediante. Sem mais delongas, indico blogs muito bons para os que por aqui não encontraram o que estavam procurando.


3 comentários:

Daniela disse...

É verdade, às vezes ficamos completamente sem inspiração. Me sinto assim também... E quando a inspiração vem quando estamos deitados para dormir, sem papel ao lado? Aff...
Gostei!

Vozes ao Vazio disse...

rha nem me fale disso,,,
isso sempre me acontece: querer escrever e não vir nada a mente,,,
mas em relação a poesia, já consegui me entender com ela( eu axo), com o tempo a gente aprende,,,ou não,,,

e Daniela, algo interessante ocorreu comigo sobre a inspiração vir quando se está preste a dormir, só que o bom é que ela me perseguiu no outro dia constantemente,, até que a noite passei pro papel e viajei em sua essencia ,, foi muito massa

é como se a poesia quisesse ser escrita e não o individuo querer escreve-la

agradecido pelo memorial ae Jéssica..
abraço ;)

Jéssica Marques disse...

"é como se a poesia quisesse ser escrita e não o individuo querer escreve-la"

Isso já aconteceu comigo! :D