Em um segundo...

... estava vivo. E depois não mais. Eu não sei dizer como foi. Não me lembro do que senti. Não no ato. Me lembro do que sentia antes. Quando ainda vivia. Não sei porque sentia tanta raiva. É complicado tentar lembrar de coisas tão distantes. Só sei que o sentimento me invadiu e quando percebi tinha sangue nas mãos. Não havia mais vida a minha frente. Não pensei. Não corri. Não chorei ou me desesperei. Apenas vi.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tempo

"A bolsa amarela tava vazia à beça.

O que eu quero.