sábado, 15 de janeiro de 2011

Aqui é assim.

Moro em uma cidade pequena, no interior do Paraná. Não significa que eu não entenda o que acontece neste vídeo que segue. Eu peguei o link dele no Blog do Tsavkko - The Angry Brazilian. Acho que o vídeo em si já diz tudo. Mas não explica o fato.



11 comentários:

Lika FRÔ disse...

Ja dizia Anitelli e Zeca Baleiro "quem tem medo assimila toda forma de expressão como um protesto". Dica de música: Xanéu nº 05, O teatro mágico. A força reprime. As vezes sinto vontade de fugir e morar em cima de uma árvore.

Luis Eduardo Veloso Garcia disse...

Qualquer atitude de violencia gratuita é revoltante! Ah Fro, tem um livro do Italo Calvino chamado Barão nas Arvores ( q foi a tese da tia Lu, só não me lembro se mestrado ou doutorado)q conta a historia de um barão q vai morar nas arvores (derr pra mim, ta explicito no titulo!). O mais louco do livro é q ele não sobe na arvore pra fugir do mundo, mas sim pra entende-lo melhor, veja se isso não lembra a função alucinada q exercem os artistas!!


este simples ato de rebeldia infantil transforma-se num modo de vida e de ser - não subira para estar mais próximo do céu, mas, ao contrário, porque "aquele que pretende observar bem a terra deve manter a necessária distância".

Tina disse...

"não subira para estar mais próximo do céu, mas, ao contrário"

Realmente, fugir para as árvores pode ser uma ótima ideia... osahsoahsoah'

Larissa disse...

oi flor só ver meu blog ate embaixo e nas postagens antigas que vc vai ver as liquidaçõe da semana!!!

fico a disposição

bjs

http://lmaebara.blogspot.com

Bruna Camargo disse...

E mais uma vez a camêra atenta está do lado de quem? É claro, dos policiais, a mídia sempre divulga a visão deles. Lembram-se no morro do alemão, a câmera sempre embaixo do morro, como quem vai subir, e nunca em cima, dos moradores vendo quem está subindo. Já que a Frô deixou uma dica de música e o Dinho de livro, eu vou deixar uma de filme: "Uma onda no ar"(brasileiro), no início do filme o espectador já percebe que a proposta é diferente, vê-se a polícia lá de cima do morro, e não olha-se lá debaixo!

Um beijo Jéssica.

Gabi Soares disse...

Nossa, quanto absurdo!
Como isso ainda pode existir? Cadê os verdadeiros bandidos que a polícia deveria estar atrás?

http://gabisoaress.blogspot.com/

Tina disse...

Vi o trailer do filme e já achei demais! Vontade imensa de ver *--*

Káh Menezes. disse...

Olá, estou aqui para divulgar o Sorteio Sigma Makeup no blog!
Estou sorteando o MAKE ME, lançamento da Sigma!
Passa lá ?

Beijos, Káh.
www.universoblue.blogspot.com

Déia N. disse...

Oiê! Caramba, quantas viaturas! Aqui na minha cidade no interior de Santa Catarina também já teve manifestações por causa dos transportantes coletivos, mas nada comparado ao que está aí. Nós não vivemos numa democracia, mas numa ditadura de alguns partidos políticos. Como não conseguimos ter nossos direitos básicos atendidos - pois, os políticos não nos representam - temos que recorrer a estas atitudes. Os policiais só fazem o que lhes é mandado. Até mais!

Déia
http://catholicism.zip.net
http://reginacaeli.zip.net

Batom disse...

Realamente um absurdo! Como aqui não tenho aúdio só vi as imagens, mas segundo uma das garotas que comentaram aqui a mídia estava do lado dos policiais, mas creio que não seja isso, nós Jornalistas temos quer ser imparciais quando fazemos uma matéria, depois assistirei em casa com aúdio para verificar. Beijos, adorei seu blog!

Tina disse...

Esse vídeo não foi feito por um jornalista. E quando falamos em mídia estamos nos referindo a alguns canais de televisão que são praticamente "comprados" se posso assim dizer. ;x

É bom ter uma jornalista aqui p. se defender! É isso aí :D