quarta-feira, 13 de março de 2013

5:30

Não sei porque coloquei o celular para despertar tão cedo. Acho que é porque sempre penso que vai surgir algum imprevisto e precisarei de mais tempo. É só minha mania de planejamento. Achei que estaria morrendo de sono nesse horário, mas estava bem desperta. Logo que me sentei na cama percebi o quão escuro o céu ainda estava. Chuva. Mesmo assim me levantei. Verifiquei a caixa de entrada para ver se tinha algum SMS não respondido, pois tenho a mania de dormir conversando com alguém. Nada.

Primeiro pensamento do dia: Vou estagiar de madrugada agora.

Fui ao banheiro. Escovei os dentes. Pensei na vida. Cada um faz o que quer no banheiro, eu penso na vida. Tive a impressão de ouvir passos pela casa, talvez alguém com insônia ou tendo que pegar o ônibus mais cedo. Voltei para o meu quarto. Coloquei Blur para tocar. Sempre acho que as pessoas pensam que só ouço os singles de cada álbum, como se precisasse me tornar fã de cada banda que curto. Me troquei. Fui até a cozinha procurar por algo que pudesse comer.

- Já acordada, amiga? - Se outra pessoa me chamasse de amiga, soaria falso e ridículo, mas eu gosto da Dailu.
- Estou sem sono. - Menti

Comi um pão de ontem com qualquer coisa, o que me pareceu delicioso. Voltei para o quarto,  peguei minhas coisas e olhei para o relógio, a essas horas a música já tinha mudado e a Pitty falava que um dia "teria que deixá-lo ir". Me lembrei de dois anos atrás e do que essa música significava para mim. Eram 6:03. Mesmo de tênis, apaguei as luzes e me deitei novamente. Desliguei a música e liguei o despertador para as 6:30, pois só precisaria estar no Colégio às 7 e uns 15 minutos de caminhada seriam o suficiente. Fecho os olhos. Despertador. 6:30. Olho pela janela e ainda chove muito. Acho que não vou para o estágio hoje, só não posso me esquecer de me informar sobre as faltas, já não fui ontem. Ajusto o despertador para as 7:30, posto que teria que trabalhar às 8. Fecho os olhos. Mensagem.

Bom dia, linda.

O que seria de mim sem essas pequenas atenções? Acho que morreria de tédio. Respondi ao Luan e começamos a conversar sobre um filme qualquer, o que fez o tempo passar. Despertador. 7:30. Me levantei, coloquei um chiclete na boca e saí do quarto. Bati na porta do quarto dela.

- Louys, você vai levantar? - A Dailu havia me pedido para acordá-la.
- Não, vou ficar dormindo.
- OK. Então tchau.

Saí para mais um dia então, mais tarde do que deveria, mas mais descansada e ainda meio sonolenta. Amanhã não posso faltar ao estágio. Olho para o céu. Está nublado, como eu gosto.

Meu tipo favorito de dia: cinza, preguiçoso, pedindo café e livro.

E  eu indo trabalhar.

3 comentários:

Pedro Henrique disse...

Tenha um bom dia! Haha

Pedrodeamolar.blogspot.com.br

Suzana disse...

Legal o texto, me identifiquei completamente com a frase "Sempre acho que as pessoas pensam que só ouço os singles de cada álbum, como se precisasse me tornar fã de cada banda que curto." rsrs

Adolecentro

Jéssica Marques disse...

kk verdade. Geralmente elas não falam, só fazem aquela cara de: "Mas só conhece essa música?".

Não é porque não está minha playlist que não conheço!