sexta-feira, 10 de maio de 2013

Ode ao cinza


O cinza! O cinza esconde todas as cores embaixo da neblina cinza.
Ah! O cinza...
Domina, impõe, se mostra cinza.

Atrás do cinza tem o azul do céu,
o verde da grama,
a gama de cores dos prédios, que não é cinza.

Mas o cinza, só o cinza é cinza!
Só o cinza cobre
o cinza amarelo, o cinza azul, o cinza nobre!

2 comentários:

Pedro Henrique disse...

Acho que os dias cinzentos nunca serão o mesmo depois desse poema! Haha =D

PedrodeAmolar

Jéssica Marques disse...

kk dias cinzentos nunca mais foram os mesmo depois que eu arrumei uma janela no alto!