segunda-feira, 23 de maio de 2011

"Tentei chorar...

...e não consegui."


Eu esperava todo o tipo de reacção de você, menos isso! Menos esse lamento constante; essas súplicas involuntárias e tristemente aflitas. Mas eu ainda te amo, e não quero luto ou sofrimento, quero apenas a melhor das lembranças, as mais bonitas poesias, e tudo o que vier com isso.

4 comentários:

Pedro Laperuta disse...

O luto que habita o peito humano é como as folhas do outono que o vento leva. Não têm vida, secam e esfarelam, simplesmente somem dos nossos olhos... o luto também passa!

Jéssica Marques disse...

é... Tomara ;x

Tempestade disse...

...e que fique apenas o que for bom.

bjokas e obrigada pela visita no blog.

=D


Nina

Jéssica Marques disse...

de nadaa