sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Licantropia

Eu tenho fome, eu tenno sede.
Nunca foi tão forte antes...
Eu tenho fome, eu tenho sede.
Como se já não fossemos amantes.

A lua vem,
Eu quero tua inocência agora.
A lua vem,
Então, não demora.

Minha fome
É diferente;
Minha sede
É de gente.

Nenhum comentário: