sexta-feira, 12 de abril de 2013

Quem sabe?

E, foi só eu sair
Eu atravessar
Pra ela sumir

E, foi só eu chegar
Querer me divertir
Foi só eu surgir

Quem sabe um dia eu possa te encontrar de novo, maybe
Quem sabe um dia a gente esbarra um no outro
Quem sabe um dia eu possa te encontrar de novo, maybe
Quem sabe então era pra ser...

E, quando o amor chegar
Que um dia ele vem
Eu venho também

E, se a escuridão passar
E o dia clarear
Quem sabe, meu bem?

E, se um dia eu sair
Só pra vadear
Por que você não vem?

Quem sabe então a gente era um pro outro, maybe
Quem sabe então era pra ser...

E, quando eu  me for
Você vai saber
Que foi só por você

E, enquanto o tempo passar
Você pode estar...

7 comentários:

Lenise Bruna disse...

você tem uma escrita fácil, um texto leve, com musicalidade. gostei! parabéns e continua escrevendo =) tb tenho um lado puxando pra escrita e isso que mostro no meu blog que comecei ontem hahaha. beijos!

O silêncio não existe

Pedro Henrique disse...

Uma canção muito bonita, ficaria muito boa a voz e violão, ou quem sabe viver essa canção seria mais bonito! Haha =)

PedrodeAmolar

Jéssica Marques disse...

Até poderia... Mas preiso de um violão E um tocador haha

DANILO + disse...

De ler já dá pra praticamente ouvir. Muito boa essa canção. Imagino a Marisa Monte cantando. Olha esse vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=jJj6JS7XLZY

Vozes ao Vazio disse...

:)

Jéssica Marques disse...

kkkkkkkkkkkk quanta pretensão!

รяª Nathalia disse...

Me parece letra de musica.

[...]Quem sabe um dia a gente esbarra um no outro.
AAAAAAh.