A vida é simplesmente...


...uma sucessão de escolhas.
O certo e o errado.
O doce e o salgado.
O seco e o molhado.
O cedo e o tarde.
A Terra e Marte.
O inteiro e a parte.
O preto e o branco.
O sorriso e o pranto.
O meio e o canto.
O bem e o mal.
O açúcar e o sal.
A Páscoa e o Natal.
A esquerda e a direita.
O plantio e a colheita.
O aparente e à espreita.
O dia e a noite.
O abate e o açoite.
A faca e a foice.
O poder e o não poder.
O querer e o fazer.
O ser e o não ser.
Enfim, o que o medo nos permite fazer...

Comentários

Jaques Wolbeck disse…
o otimo e o perfrito amei ta lindo o texto ;D você que fez?
Tina disse…
Fui eu siim! Eu só posto textos feitos por mim ou com a minha participação, amr :)

Beijo
Marcela Lima disse…
Oi Tina, muito bom te-la recebido em meu blog,realmente aquele poema é muito lindo.
Vim fazer uma visitinha e me deparei com este post... Quer saber? Ameiii! No momento eu me identifico com ele, é tão dificil escolher entre uma coisa e outra neh, ás vezes ficamos tão na dúvida que acabamos não escolhendo nada tudo por medo de tentar!

Beijão ;D
Tina disse…
Siim! O medo é que sempre nos impede de tentar, tentar e, quem sabe, conseguir...
:D

Beeijo
letícia akemi disse…
têm selos para você :DD
Tina disse…
Ah! Ok.. Já peguei lá.. Valeeu

Postagens mais visitadas deste blog

O que eu quero.

"A bolsa amarela tava vazia à beça.